HALLUX VALGUS (JOANETE)

O joanete é uma das patologias mais comuns nos pés dos adultos. É uma alteração anatómica que se inicia com o desvio do 1.º osso metatársico para fora (metatarsus primus varus), e uma vez que os tendões do hallux ficam na sua posição normal, puxam o dedo grande para uma posição oblíqua (hallux valgus).

Desta forma, a saliência óssea conhecida como “joanete” é originada pelo osso metatársico e não pelo dedo grande.

Na maioria dos casos esta deformação é genética, acentua-se com a idade, e desenvolve-se cada vez mais cedo. As mulheres são as mais afetadas pela doença.

A utilização de cremes, medicamentos, pensos de silicone e talas para os joanetes podem dar algum alívio no momento, porém não são um tratamento definitivo.

A única forma de tratar o joanete é através de cirurgia, que reestabelece o equilíbrio biomecânico do pé afetado.

Técnicas avançadas de correção cirúrgica levam o osso metatarso à sua posição anatómica correta e, desta forma mantêm a articulação do dedo grande intacta e o “joanete” desaparece por completo. O pé apresentará novamente uma aparência normal e estética.

Para corrigir esta malformação dos “joanetes”, existem dezenas de procedimentos diferentes, por isso a escolha de um médico-cirurgião especialista em cirurgia do pé e, treinado para aplicar o melhor método para cada paciente, é fundamental.

A cirurgia é efetuada em regime ambulatório, sem recurso a anestesia geral. É administrado um sonífero e efetuada anestesia local-regional.

Esta correção pode ser realizada em ambos os pés numa única sessão. Depois o paciente pode sair pelos seus próprios pés e regressar a casa uma a duas horas depois da intervenção.