O PÉ REUMÁTICO

Nos pacientes com artrite reumática, para além de outras articulações do corpo, os pés são frequentemente atingidos. Muitas vezes no início, o paciente sente apenas uma rigidez com dores difusas no pé e na articulação tíbio-tarsiana.

As muitas e pequenas articulações do pé, são destruídas pela inflamação das articulações; o que significa que anos mais tarde, o pé pode sofrer graves deformações, impossibilitando o andar. Em cerca de metade dos pacientes pode causar deformações tanto no metatarso, bem como no retropé e na articulação tíbio-tarsiana.

Em pacientes adultos existe uma probabilidade superior a 90% de desenvolver deformações no pé. Deste modo, podem aparecer deformações muito diferentes no pé, que naturalmente exigem uma terapia adequada caso a caso.

Nestas situações, é necessário também colaborar com um reumatologista, dada a grande importância no acompanhamento da medicação anti-inflamatória.